Claudia Amaral

Ilustradora para a imprensa e a comunicação

Claudia Amaral colabora com a imprensa e agências de comunicação francesas.
Seu universo criativo é múltiplo e poético.
Mulheres, natureza, Paris, são temáticas constantes em seu trabalho.
Ela gosta de utilizar cores, tintas, colagem para dar vida e forma à seus desenhos,
mas se interessa igualmente pela criação digital.
✨✨✨
Ela vive na região parisiense e guarda um vinculo forte com seu país de origem, o Brasil.
Para conhecer um pouco mais sobre seu universo, seguem algumas palavras reveladoras:

BRASIL

Seu país de origem, suas raízes, sua família, a natureza, as cores, a musica,
seu lado mais ensolarado e a musicalidade do seu sotaque. Ou seja, a fonte.
Ilustração, Mulher deitada numa rede com o mapa do Brasil estampado
                                                            Ilustração by Claudia Amaral

PARIS

Claudia chega à capital francesa em 1998 levada pelo amor da língua e da cultura francesas.
Uma viagem de um ano que se transformaria numa vida: um circulo de amigos,
um inicio de carreira profissional, uma historia de amor, dois filhos…
Ilustração: uma mulher em Paris, torre Eiffel ao fundo
                                                           Ilustração by Claudia Amaral

FOTO

Apesar de ter estudado direito e ciências politicas, foi na fotografia que Claudia começou sua vida profissional.
Sua primeira profissão foi editora de fotografia. Ela começa na revista l’EXPRESS em 2002,
uma super escola e lhe abre portas à outras revistas : Maison Française, Ça m’intéresse, Lire, Classica.
Ela começa logo ados uma longa colaboração com a agência de comunicação TEXTUEL (hoje « Ici Barbès),
onde ela se ocupa da produção e pesquisa de fotografias para revistas como: TGV Magazine,
Aéroport de Paris Magazine, Acteurs, Du côté de chez vous, Donne la Main…

 

Ilustração, uma mulher olha por uma lupa. Atras dela, muitas revistas formam mum mural
Ilustração by Claudia Amaral

PESSOAS

O gosto do outro, a orelha sempre à escuta, o sabor da partilha.
Pessoas a interessam, suas historias, suas fragilidades, suas forças.
Isto explica porque tanto humano presente, as mulheres sobretudo, nos seus desenhos.
Muitas vezes personagens imaginários, mistos de cada um, se revelam nos seus esboços.
E claro, sua família, seus filhos, fontes constante de inspiração.
Ilustração: família, um casal e dois filhos
                                                          Ilustração by Claudia Amaral

COZINHA

Um prazer ligado às noções de sabor, partilha e descoberta.
E também um elo afetivo au a conecta com a infância, os sabores de Minas, as viagens pelo mundo.
Testar novas receitas, fabricar seu proprio pão, ornar pratos, se iniciar no mundo végétal
descobrir a incrível cozinha viva, crua, sem por isso se limitar num so modo de se nutrir,
 tal é o seu jeito de aprender e de partilhar na cozinha.

 

Ilustração: mãos amassando um pão numa mesa com ingredientes
                                                          Ilustração by Claudia Amaral

PLANTAS

Quando ela era pequena, seu pai havia uma horta na frente da casa e ali plantava couve.
 As vezes, era necessário subir até o telhado para poder colher as folhas.
Alguns passantes se surpreendiam ao ver planta tão estranha que subia tão alto…
Ter nascido numa família que cultivava pés de couve « arranha céu » com certeza contribuiu ao seu interesse pelas plantas.
No seu jardim, ha sempre lugar para as surpresas da natureza e para pequenas mudinhas à dividir com os amigos.
Ilustração: um homem colhendo folhas de couve
                                                                            Ilustração by Claudia Amaral

VIAJAR

Partir, ver outros horizontes, é um prazer que ela sempre conheceu.
Talvez por raramente ter morado mais de sete anos numa mesma cidade,
ela entendeu rápido que as distâncias são relativas e que ha outros jeitos de ver o mundo que nos rodeia.
Viajar é o prazer do encontro, da descoberta do outro,
da satisfação de voltar em casa.